Fazer pedido
Presença
36
Twitter
Quarto do locutor
0
Esse tópico passou pela moderação do moderador vitor72831.ban
ErickFantii
31 comentários
Aspirante
Brooklyn 99 - uma semana atrás
Oi gente, tudo bem?

Bom, vim aqui, com este humilde tópico, enaltecer uma das melhores séries que eu já vi na vida, que se chama Brooklyn 99. Eu comecei a assistir quase agora, no final de maio, e cara, tô apaixonado. Já tô na 3° temporada.

O elenco da série conta com o Andy Samberg e o Terry Crews - famoso por interpretar o pai do Chris, além de vários outros atores excelentes. A história gira em torno de Jake Peralta (Andy Samberg), um detetive meio sem noção, que trabalha no 99° Distrito de Polícia de Nova York, no Brooklyn - daí que vem o nome. Lá também trabalham seus companheiros Rosa, Amy e Boyle, os quais se tornam melhores amigos. Jake possui dois chefes, o primeiro deles é o Sargento Jeffords (Terry Crews), mas quem realmente comanda a delegacia é o Capitão Holt, alguém que não é possível entender muito bem, devido ao seu jeito extremamente rígido e sério. Além disso, a secretária da delegacia é Gina, a qual é uma das personagens mais engraçadas de toda a trama.

Como o mundo não pode mais deixar de assistir essa série, trouxe aqui 5 motivos pra que todos vocês possam e se interessem em assistir também:



1 – As referências à cultura pop



Brooklyn 99 possui uma enorme quantidade de referências à cultura pop que irão surpreender os amantes das artes. A série referencia tanto os blockbusters, como as franquias de Star Wars, James Bond e o Universo Cinematográfico da Marvel, quanto obras mais sérias, como a cultuada The Handmaid’s Tale. O mérito da série está no fato de as referências não parecerem forçadas, já que se encaixam perfeitamente na trama e ocorrem normalmente em momentos cruciais para a história.

2 – A representatividade



O seriado não se esquiva ao tratar sobre assuntos mais sérios e é um exemplo da importância da representatividade nas obras atuais. Logo no início, somos apresentados ao Capitão Ray Holt (Andre Braugher), o chefe da polícia que é negro e possui um relacionamento homoafetivo e interracial com um outro homem. Longe de ser estereotipado, seu personagem é sério, rígido e possui uma personalidade muito forte. Sua sexualidade é tratada com extrema naturalidade, o que é um alívio e uma surpresa ao considerarmos uma trama que gira em torno de uma delegacia de polícia, um ambiente considerado opressor e machista.

Além disso, Brooklyn 99 também prestigia diversos outros grupos de pessoas. De bissexuais a latino americanos, todos são representados. E a representação não é meramente figurativa, já que tais personagens não são coadjuvantes. Tanto é que os melhores policiais da delegacia são uma mulher latina e um negro.

3 – Os personagens envolventes



O seriado faz um bom trabalho em explorar com profundidade o background e a história por trás de seu personagens. E a representatividade analisada no tópico anterior somente contribui para a riqueza da trama. A personalidade de cada personagem se sobressai em um momento de necessidade, o que acaba por gerar uma interatividade única, sendo uma excelente demonstração da máxima “a união faz a força”. É bem difícil ter um destaque, já que todos têm suas devidas importâncias e relevâncias durantes as temporadas, o que torna tudo ainda mais interessante e as situações mais engraçadas, absurdas ou até mesmo extremamente pesadas.

4 – O lado investigativo



Apesar de ser uma série de comédia, seu lado investigativo é bem desenvolvido e envolvente. Há de tudo um pouco: de perseguições a policiais disfarçados. Algumas vezes, o caráter investigativo do seriado e os casos explorados pelos policiais acabam por modificar a linha narrativa de seus protagonistas, fazendo com que a série seja uma perfeita mescla entre a comédia e a narrativa policial.

5 – A comédia, obviamente



O gênero da comédia está repleto de boas séries, mas poucas fazem seus telespectadores gargalharem como Brooklyn 99. Logo nos primeiros cinco episódios, as personalidades de todos os protagonistas são apresentadas, e a partir de então são todas exploradas ao extremo, criando-se situações únicas e inesquecivelmente cômicas.

Ofensas estão totalmente fora de cogitação e o humor negro aparece em alguns poucos momentos, mas de forma zelosa, não caricatural. A série possui um timing perfeito nas piadas, fazendo com que os mais entusiastas do gênero tenham síncopes de tanto gargalhar.


E aí, você já assistiu? Gosta da série? Não deixa de comentar aí embaixo!

Nine-Nine!
Moderador e Jornalista da HabboNight




CSI OPERAÇÃO TÁTICA #NightCSI
ErickFantii
31 comentários
Aspirante
Resposta para Brooklyn 99 - uma semana atrás
A série tem 6 temporadas e era produzida pela FOX até a 5°, porém foi cancelada, o que indignou todo mundo nas redes sociais. Para a felicidade dos fãs, a emissora NBC comprou os direitos e continuará produzindo a série por um número de temporadas indeterminado - eles produziram a 6° e agora estão gravando a 7°.
Moderador e Jornalista da HabboNight




CSI OPERAÇÃO TÁTICA #NightCSI
1
ENVIE UM COMENTÁRIO
Você precisa estar logado para comentar o tópico!
9
ONLINE: AutoNight - Tocando todas
×
Olá, [email protected]!
Preencha todos os dados ao lado para efetuar o login.
LEMBRAR-ME!
RECUPERAR SENHA
×
Registro na HabboNight!
Preencha todos os dados ao lado com dados verdadeiros.
Recomendamos que não utilize a mesma senha que utiliza no Habbo Hotel.
Mude sua missão HABBO para: #NIGHT64EF0
CONCORDO COM OS TERMOS DE USO!